RSS

Principais inimigos da sua rede wireless

29 jan

Nas situações mais comuns, existem 11 canais disponíveis para uso, e a maioria dos roteadores vem pré-configurados para usar o canal 6. Sabendo acessar o utilitário ou página de configuração do seu roteador sem fio, você pode mudar para qualquer outro canal e reduzir a interferência ou competição com os roteadores dos seus vizinhos.

 


1- O inimigo número um de sua rede Wireless. São seus vizinhos.

Nas situações mais comuns, existem 11 canais disponíveis para uso, e a maioria dos roteadores vem pré-configurados para usar o canal 6. Sabendo acessar o utilitário ou página de configuração do seu roteador sem fio, você pode mudar para qualquer outro canal e reduzir a interferência ou competição com os roteadores dos seus vizinhos. E se não souber reconfigurar, basta convidar o seu sobrinho ou cunhado nerd para um café – ele lhe pedirá o manual e a senha, você dirá que não sabe onde estão, ele fará um comentário jocoso, pesquisará um pouco na web e logo resolverá a situação.

2- Antenas Baixas

Um dos mantras repetidos à exaustão pelos manuais de pontos de acesso serefere a localização do equipamento. Quanto mais altas as antenas estiveremposicionadas, menos barreiras o sinal encontrará no caminho até os computadores.Trinta centímetros podem fazer enorme diferença.

3- Eletrônicos domésticos

Será que seu microondas, telefone sem fio ou babá eletrônica estão sabotando seus downloads?  Talvez.
A maioria dos problemas com telefones sem fio e fornos de microondas envolve produtos que operam na frequência de 2.4 GHz. A maioria das babás eletrônicas opera a 900 Mhz e não irá interferir com o Wi-Fi. Entretanto, alguns modelos operam a 2.4 GHz, o que pode interferir com redes 802.11g ou 802.11n de canal único.
A solução: ao comprar uma babá eletrônica, procure modelos que operem na faixa de 900 Mhz. O mesmo vale para telefones sem fio: modelos mais recentes operam na faixa de 1.9 GHz, e não irão interferir nas frequências de 2.4 ou 5.8 GHz.

4- Dispositivos Bluetooth

Dispositivos Bluetooth mais antigos interferiam em redes Wi-Fi, mas isso é passado. “Nos últimos anos os fabricantes de aparelhos Bluetooth e Wi-Fi implementaram técnicas específicas para minimizar a interferência”
A solução: “a maioria das pessoas troca seus celulares a cada dois anos, então a não ser que você tenha um celular com Bluetooth ou headset Bluetooth muito antigo, é improvável que ele vá interferir com sua rede Wi-Fi”

5- Micro no Chão

O principio das antenas dos pontos de acesso que quanto mais alta melhor,também vale para as placas e os adaptadores colocados nos micros. Se o seudesktop é do tipo torre e fica no chão e o seu dispositivo não vier acompanhado de um fio longo, é recomendável usar um cabo de extensão USB para colocar a antena numa posição mais favorável.

6- Água

Grandes recipientes com água, como aquários e bebedouros, são inimigos da boapropagação do sinal de Wireless. Evite que esse tipo de material possa virar umabarreira no caminho entre o ponto de acesso é as maquinas da rede.

7- Humanos.

Se você se lembra das aulas de ciência, deve saber que o corpo humano é composto em sua maioria por água, entre 45 e 75 por cento dependendo de sua idade e porte físico. E a água também pode prejudicar o desempenho de uma rede Wi-Fi.
Digamos que você está dando uma festa e a sala está lotada. Tantas pessoas juntas podem reduzir a intensidade do sinal Wi-Fi, mas este é um caso extremo. Quando estamos fazendo testes de Wi-Fi no laboratório e queremos resultados muito precisos, temos que tomar cuidado para não ficar em frente à antena, porque isso modifica visivelmente os resultados”, adiciona.

8- Árvores e vidros.

O vidro é outro material que pode influenciar negativamente na qualidade dosinal. Na ligação entre dois prédios por wireless, eles se somam a árvores altas, oque compromete a transmissão do sinal de uma antena para outra.

9- Concreto e Trepadeira

Eis uma combinação explosiva para a rede Wireless. Se o concreto e as plantas mais vistosas já costumam prejudicar a propagação das ondas quando estão sozinhos, imagine o efeito somado. Pode ser um verdadeiro firewall…

10. Ajustes de segurança.

Em alguns roteadores mais baratos, segurança mais forte pode afetar moderadamente o desempenho. Entretanto, isto não significa que você deve desligar a segurança completamente, ou usar segurança mais fraca.

Nos últmos anos, os protocolos WPA (Wireless Protected Access) e WPA2 substituíram o mais antigo e menos seguro WEP (Wireless Encryption Protocol). Em roteadores baratos que usam WEP como padrão, mudar para WPA pode afetar um pouquinho o desempenho. Em contraste, aparelhos mais robustos tem hardware especificamente projetado para criptografia WPA e WPA2, e como resultado os protocolos de segurança mais sofisticados não devem prejudicar o desempenho da rede.

11. Firmware antigo

Por que atualizar o firmware do roteador?  Bem, melhorias de desempenho e ocasionalmente um ou outro novo recurso são bons motivos. Sempre que você tiver um problema, verifique se está usando uma versão recente do firmware. Às vezes há bugs aqui e ali, e o fabricante do roteador já pode ter disponibilizado uma solução.

Read more: http://news.dsystem.com.br/1800/principais-inimigos-da-sua-rede-wireless.html#ixzz2JN8v17d4

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em janeiro 29, 2013 em Windows 7, Windows XP

 

Tags: , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: